CFTV

 

O Circuito Fechado de Televisão é um sistema de monitoramento e segurança utilizando câmeras conectadas a uma sala de vigilância ou a um sistema de gravação, podendo ser assistidas posteriormente

Atualmente o sistema mais popularizado é o CFTV em redes IP, tirando vantagem das redes de informática.

PRIMEIRAS EXPERIÊNCIAS

 

1941 É lançado nos EUA o padrão de televisão analógica em Preto e Branco - EIA. Base para transmissão de sinais de CFTV analógico até hoje.

1942 É documentada a primeira utilização de câmeras de CFTV em aplicações militares na Alemanha para acompanha do lançamento de mísseis Rocket V2 em distância curtas.

1951 É desenvlvido o primeiro gravador de fitas de vídeo (VTR) capaz de capturar imagens ao vivo de câmeras de televisão em fitas de rolos, mas tarde em cassete.1953 Padrão NTSC é lançado nos Estados Unidos o padrão de TV anlógico NTSC, suportando imagens em cores e compatível com o padrão P&B de 1941.

VIDEOMONITORAMENTO 

 

1960 É noticiada a primeira instalação temporária de câmeras de monitoramento em via pública em Londres, Inglaterra aara monitorar a visita de um chefe de Estado.

1960 Pela primeira vez são utilizados sistemas de videomonitoramento pelas autoridades nos EUA.

1966 A NASA utiliza sinais analógicos para mapear a superfíie da Lua, enviando imagens digitais para a Terra.

1969 A NASA transmite as imagens da chegada do homem à Lua ao vivo para mais de 500 milhões de pessoas no mundo todo.

1969 É desenvolvido o primeiro sensor de imagens em estado sólido, o CCD, na AT&T Bell Labs por Willard Boyle e George E. Smith nos Estados Unidos.

1969 É considerado como o ano da criação do conceito de sistema de segurança residencial patenteado por Marie Brown.

1972 A Texas Instruments patenteia a primeira câmera eletrônica que não requer filme.

REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA

 

1979 Após uma década de pesado investimento e pesquisa, a Sony lança o primeiro sensor de imagem CCD comercial: o ICX008.

1980 A adoção de sistemas de CFTV se expande para empresas principalmente nos EUA e Europa devido aos roubos e fraudes.

1986 Cientistas da Kodak desenvolvem o primeiro sensor de imagem Megapixel, capaz de capturar 1,4 milhão de pixeis.

1992 São desenvolvidas as primeiras minicâmeras e a indústria é inspirada a produzir câmeras cada vez menores.

ACONTECIMENTOS INFLUENTES

 

1993 Um ataque a bomba na Bishopsgate em Londres pelo IRA conduz a construção do sistema "Ring of Steel" (Anel de Aço), constituído por centenas de câmeras de CFTV ao redor da capital inglesa.

1993 Em Liverpool na Inglaterra, foi desvendado o sequestro seguido de assassinato do menino James Bulger de apenas dois anos através da identificação das imagens capturadas pelo sistema de CFTV do centro comercial onde foi sequestrado.

SEGUNDA GRANDE ONDA

 

1996 É desenvolvida a primeira câmera IP do mundo, a Neteye 200, pela empresa Sueca Axis Communications.

1998 Os DVRs chegam ao mercado e ocorre a segunda grande onda de adoção de sistemas de CFTV, substituindo os gravadores VCR em fita.

REPENSANDO A SEGURANÇA

 

2001 Os atentados de 11 de setembro ao World Trade Center e Pentágono mudam a forma como o mundo pensa a segurança, ampliando todos os conceitos de segurança, proteção e vigilância.

2003 Uma escola em Phoenix nos EUA instala um sistema de reconhecimento facil para rastreamento de crianças perdidas.

2005 É lançada a norma para o formato de compactação de vídeo H.264. É desenvolvida a primeira câmera de segurança com analíticos de vídeo embarcados (VCA).

2006 A cidade de Chiacago anuncia a operação Virtual Shield (Escudo Virtual), tornando-se a cidade com o maior sistema de video monitoramento dos EUA.

VOLUME DE CÂMERAS

 

2006 A Cidade de Londres é uma das mais vigiadas do mundo, contando com cerca de 4,2 milhões de câmeras nas ruas, e em todo o Reino Unido existe cerca de uma câmera para cada 14 habitantes. Ainda na Inglaterra, estima-se que cada pessoa aparece em câmeras de CFTV ao menos 300 vezes por dia.

2007 É estimado que mais de 97% de todas as informações de telecomunicações do mundo todo trafegam através da Internet. Serviços como navegação, e-mail e mensagens fazem parte do nosso dia-a-dia.

2010 A maturidade das tecnologias e fabricantes de câmeras IP, o H.264 e a evolução das soluções de VMS para o gerenciamento de vídeo em rede, tornam a tecnologia a melhor escolha sitemas de larga escala, industriais, soluções de videomonitoramento urbano e empresariais.

CFTV EM NÚMEROS

 

2011 Segundo estimativas da empresa In-Stat Forecasts foram vendidas cerca de 41 milhões de câmeras, e outras pesquisas feitas a partir de dados históricos de fabricação e venda de equipamentos de CFTV, indicam que existem cerca de 210 milhões de câmeras operando no mundo.

2013 Segundo estimativas da ABESE, São Paulo é a cidade que mais tem câmeras de segurança no Brasil, sendo cerca de 1,5 milhões de equipamentos, representando uma câmera para cada 7 habitantes.

2014 A Internet é um dos principais meios de comunicação, dispositivos de alta definição de vídeo em HD e 4k, redes sem fio de alta velocidade, smartfones, tablets computadores de alta capacidade estão massivamente presentes em empresas, residências eas redes IP são a base de comunicação para grande parte das aplicações até mesmo na indústria.

Fonte: http://www.guiadocftv.com.br/modules/publisher/index.php/item.85/infografico-historia-do-cftv.html

Save